Banheiro + Pastilha


A medida surpreende quando se listam os itens que este banheiro comporta. Em somente 4,30 m² há boxe com ducha dupla, cuba generosa, um espelho de 0,90 x 1,55 m e vaso sanitário. Projeto de Caroline Gabriades.


Ter o mar como extensão da banheira foi a inspiração deste espaço. A janela de 2,40 x 1,30 m também proporciona claridade e ventilação, aumentando a sensação de comodidade que faz o espaço de 5,50 m² parecer maior. Projeto de Alan Chu e Cristiano Kato.


Tons de vermelho tingem as superfícies molhadas deste banheiro de 3,90 m². Acompanhando a tonalidade do boxe, uma cuba quadrada, de sobrepor, decora a bancada de mármore piguês. Por trás das portas espelhadas, com puxadores embutidos, prateleiras rasas acomodam cosméticos. Projeto de Flávia Portela.


O charme deste banheiro de 3 m² fica por conta do mosaico de pastilhas de vidro. A bancada de mármore branco cintilante, com uma saia de 20 cm, é duas vezes maior que o padrão, o que ajuda a esconder o sifão. Projeto de Eduardo Pujadas e Cristiane Benite.


Um espelho generoso contribui para ampliar visualmente o tamanho enxuto deste banheiro de 5 m². O efeito é reforçado pela cor branca. Já o mosaico de vidro, incrustado no mármore e nos nichos, garante o colorido. Projeto de Ana Lúcia Salama.


Uma porta de correr fecha este banheiro de 4,50 m², aproveitando melhor o espaço. O piso é revestido de porcelanato, e as paredes, de pastilhas. Projeto de Simone Jazbik.


Os armários pintados de branco e o piso de pastilhas na mesma cor deixam o banheiro de 2,25 m² mais leve. Uma boa idéia é a prateleira porta-toalhas sobre o vaso sanitário. Projeto de Gisele Emery e Marici Yoko Kuroba, do escritório Áurea 267.


Neste banheiro de 4,70 m², a pastilha de vidro transparente (Vidrotil) é puro enfeite. O que protege mesmo as paredes da umidade, inclusive as do boxe, é uma camada de tinta epóxi brilhante. Projeto do escritório Forte, Gimenez e Marcondes Ferraz.


Casa Cor Espírito Santo – Banheiro do hóspede. Concebido para ser um espaço que ofereça aconchego e elegância, o banheiro do hóspede da arquiteta Luciana Vervoet destaca os elementos da natureza, presentes na madeira de reflorestamento lyptus, nas pedras de seixo rolado no piso e na presença de plantas. Entre os diferenciais do projeto está o mosaico de pastilha de vidro que, aplicado em uma parede curva conectado com o teto, cria uma composição inusitada com o restante dos elementos que seguem a linha clássica.


Casa Cor Espírito Santo – Lavabos públicos. Ao projetar os lavabos públicos, as profissionais Caroline Martins e Monique Ximendes priorizaram a preocupação com as questões ecologicamente corretas e com as pessoas com necessidades especiais. Destinado a atender tanto ao público masculino quanto o feminino, o ambiente oferece privacidade também dentro das cabines, onde foram instalados lavatórios individuais. Sensores, válvulas e madeiras ecologicamente corretas, além de materiais higiênicos biodegradáveis, complementam o projeto inspirado no estilo rústico chique. As texturas do vidro chocolate, laca branca brilhosa com madeira, pastilha de pedra e piso cimentício são valorizados por uma iluminação diferenciada.


Casa Cor Goiás – A designer de interiores e artista plástica Rosângela Queiroz se preocupou com a funcionalidade para construir o conceito do lavabo público. A necessidade de economia de energia e água a levou a escolher bacias Deca com acionamento duplo de descarga. A autora, inspirada pelo estilo marroquino, insistiu em tons como o turquesa, o marrom dourado e o beje claro na composição.

Valorizado pelo uso intenso das coloridas pastilhas de vidro e pelo design arrojado da banheira italiana, o Banho Jovem idealizado pelos arquitetos Cíntia Aguiar e Francisco Humberto Franck revela as facilidades da automação, em 6 metros quadrados. Fixo na parede, um controle comanda os circuitos dimerizáveis de luz. Já outro, portátil, aciona a TV LCD embutida na caixa de mármore branco thassos — mesmo material presente no tampo da bancada em laca roxa fosca. Os sistemas criam diferentes cenários e atuam conforme o uso. Se o chuveiro for utilizado, por exemplo, a TV pode ser ocultada na caixa para evitar os respingos — diz Cíntia. Destacado por lâmpadas AR 48, painel confeccionado com pastilhas de vidro reproduz uma pintura do artista inglês Steven Smith — recurso que confere feições de Pop Art ao espaço hi-tech. Fotos: Carlos Edler.


Casa Cor São Paulo – Banheiro Feminino. Espaços generosos, cores vibrantes e grandes espelhos marcam o projeto assinado pelas arquitetas Agnes Manso e Maria Alice Miglorancia. Mosaicos de vidro paginados em listras multicoloridas revestem a parede dos lavatórios. Laminado no padrão madeira teca dá acabamento à bancada. Diferentes umas das outras, as cabines são maiores do que de costume para proporcionar mais conforto às usuárias.


Casa Cor São Paulo – Banheiro Público Masculino. O grande destaque do ambiente é o adesivo aplicado sobre as cabines com o rosto do arquiteto Roberto Burle Marx. A imagem foi criada pelo artista plástico Lobo em parceria com a designer de interiores Mariza Cundari, que assina o espaço ao lado do engenheiro Luis Henrique Pereira. As cabines são de madeira revestida de vidro acidado italiano da Omni Decor. Outro destaque é a torneira criada especialmente pela Deca para o ambiente: um cano de aço inox que vem do teto e é acionado por sensor de presença para abrir e fechar. O piso de mármore travertino romano da S2R foi recortado para a aplicação da pastilha de coco da Ekobe, imitando as calçadas de Copacabana.


Casa Cor Rio Grande do Sul – Lavabo do Café. A calçada de Copacabana ganhou uma releitura moderna no ambiente criado pelo arquiteto Maurício Felzemburgh: de mosaico de pastilhas de vidro, piso e paredes se integram. O espaço segue a linha bicolor, quebrada apenas pela pintura em tom prateado metalizado de duas paredes.


Casa Cor Bahia – Banheiro do restaurante. No ambiente de Marcos Alan e Marcos Jucá, tons pastéis e marrons, mais sóbrios, deixam obras de arte em destaque. A bancada é feita de granito que imita madeira e, nas paredes, pastilhas de vidro dão charme especial. O ambiente comporta ainda outro lavatório, próximo ao vaso sanitário, em que um tronco de árvore serve de base para a cuba.


Casa Cor Brasília – Lavabo. Parece uma instalação a bancada de mármore que camufla a caixa de iluminação embutida no seu interior. Como a espessura muito fina, de 5 mm, deixa a pedra transparente, a luz fluorescente produz belo efeito. O volume parece flutuar no espaço dos arquitetos Gislaine Garonce e Marcelo Martiniano. Os tons marrom e bronze dominam: nas paredes, o papel escuro tem textura de linho e divide a cena com as pastilhas de madrepérola – conjunto que imprime sofisticação.


Casa Cor Mato Grosso do Sul – Banho e closet do quarentão. O teto do banheiro do quarentão é todo forrado com espelhos que ampliam o ambiente de 14m², idealizado pela arquiteta Silvia Loft. Os tons escuros das louças e paredes contrastam com o colorido de um quadro de madeira naval pintado com tinta óleo no espaço do boxe. O ambiente ainda tem detalhes de requinte, como uma prateleira com livros e um monitor de LCD suspenso e automatizado.


Casa Cor Mato Grosso do Sul – Sala de banho da moça. Idealizado para o conforto da moça, o espaço tem uma banheira de hidromassagem e uma televisão. O piso de madeira e uma bancada feita de mármore integram o closet e a penteadeira de maquiagem ao banho. Espelhos e mosaicos de vidros revestem as paredes. A iluminação é feita por leds. Projeto de Katya Ocampos.


Lavabo público masculino
A um só tempo chique e moderno, o banheiro planejado pelas designers de interiores Marcella Martins e Mariana Varejão é pontuado pelo mix de tons preto e amarelo. Sobre a bancada amarelo-ovo, duas cubas escuras propõem contraste. Torneiras acionadas por sensores e válvulas pensadas para economizar água garantem um item de sustentabilidade ao projeto. Para a pausa, a poltrona Panton, um clássico do dinamarquês Verner Panton.

Banheiro + Pastilhas

imagens: casa.abril.com.br e projetodebanheiro.com.br

Acervo de Interiores

Blog com Dicas de Decoração & Design de Interiores

You may also like...

11 Responses

  1. Lourdes Beatriz says:

    Simplesmente PERFEITOS!! Estou construindo e me inspiro nestas decorações.LINDAS!!

  2. Studio Glass says:

    Realmente um banheiro “decorado” com pastilhas fica muito bonito.
    Nós possuímos todas as linhas de pastilhas, desde pastilhas de vidros até pastilhas de coco. Acessem: http://www.studioglass.com.br

  3. MAURA CUNHA says:

    MARAVILHOSOS,EU BUSCO IDEIAS PARA O MEU NOVO BANHEIRO.

  4. Sensacional ! Nós temos o ONIX translúcido totalmente impermeabilizado. Dispensa manutenção e várias côres e quantidade infinita.
    Eduardo Pires 021-7698-7876

  5. mirmila says:

    maravilha se tiver sem inspiraçao e so entrar e ver essa maravilha de decoraçao parabens

  6. tÀrcia says:

    Estou construindo o meu banheiro e procurei informaçoes aqui ,achei oa banheiros perfeitos ameiiii.

  7. Adriana Alves says:

    Estou fazendo obras em minha nova casa e por isso estou procurando algo diferente como o revstimento em pastilhas, quero os dois banheiros com decorações iguais

  8. muito interesante este blog !

  9. Lindos gostaria de ver mais banheiro.
    Como faço para comprar, algum desses banheiro?

  10. cocina says:

    My brother recommended I would possibly like this blog. He was totally right. This post truly made my day. You can not imagine just how so much time I had spent for this information! Thanks!

  1. 03/08/2010

    [...] via Acervo de Interiores [...]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>